DHPP prende homem acusado de matar travesti em assalto

Nono, o assassino (à esquerda), e Bianca, a vítima

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, na tarde desta quinta-feira (23), Oziel Araújo de Oliveira, conhecido como “Nono”, 23 anos, suspeito de ter cometido um latrocínio em outubro do ano passado, no loteamento Brasil Novo.

A vítima foi Erivaldo José da Costa, uma travesti conhecida como Bianca, e que trabalhava como cabeleireira. O corpo de Bianca foi encontrado na casa onde ela morava. Tudo estava revirado e ela apresentava sinal de violência.

Durante as investigações os agentes descobriram que Nono matou Bianca para roubar, acompanhado do comparsa Lucas Albert Fernandes Higuera, conhecido como “Luquinha”, 20 anos, preso em dezembro último. Eles entraram na casa de Bianca, mataram ela, roubaram alguns objetos e dividiram entre si em seguida.

Oziel foi preso no Pajuçara, na casa da irmã, por força de um mandado de prisão. Tomara que apodreça na cadeia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *