Pátio do Itep está limpo

 

Restaram alguns caixões com ossadas que serão estudadas

Não, não é uma ironia. É o reconhecimento de bons profissionais que trabalham no instituto de medicina legal do nosso estado.

Recentemente o Itep chegou a ter 34 cadáveres em estado de putrefação no pátio, ao relento, porque as prefeituras não disponibilizavam covas para que eles fossem sepultados. Ou seja, o problema não era causado pelo instituto, mas era quem levava a bordoada.

Diante disso, o diretor geral Marcos Brandão baixou uma norma, dizendo que corpos não identificados só ficariam no Itep por dez dias, e que os prefeitos arranjassem os espaços. Foi o que o ocorreu e o problema foi sanado.

Em tempo, Marcos é uma indicação técnica para o cargo e não, política. Era o que devia acontecer em todos os órgãos. Parabéns a ele e a todos os servidores que atuam diretamente com esta área.

1 Comentário

  1. Julio Vilela

    Parabéns Jacson!
    Você e sua equipe estão de parabéns, pois foi uma excelente cobertura da situação do ITEP e principalmente sobre a gestão do Diretor Marcos Brandão.
    Continue este lindo trabalho de reconhecimento aos que realmente fazem a diferença.

    Julio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *